Cresce o mercado de drones para agricultura em MT

Um drone, sobrevoando a lavoura. Cena que se tornou comum em várias fazendas em Mato Grosso. O equipamento chegou para ficar na agricultura e a cada safra ganha mais espaço no estado.

Existem drones que custam entre R$ 5 mil a R$ 7 mil. Outros, custam mais caro: até R$ 7 milhões, dependendo do tipo de equipamento.

Na agricultura, os Veículos Aéreos Não Tripulados (Vant) são os mais usados para monitorar as plantações.

Cresce o mercado de drones para a agricultura

“O mercado está aquecido como a gente pode ver tem vários tipos de equipamentos, um para cada função. O que vai variar é o tempo de voo, que chamamos de autonomia. O multirotor que são esses de várias hélices, voam de 25 a 30 minutos. Enquanto um asa fixa, esse que se assemelha comum avião, voam em torno de horas”, disse Edson Jabur, consultor em tecnologia.

O tipo de sensor que o drone carrega também faz diferença. Normalmente os que possuem câmeras fotográficas são os mais usados.

Também há outros equipamentos mais avançados como sensores multiespectrais, que captam radiações.

O drone pode ser usado desde um mapeamento por imagem até escaneamento por sensor de calor, ajudando o agricultor no acompanhamento do cultivo, e ele é também uma ferramenta mais rápida e eficaz pra detectar algum problema.

Fonte: G1 MT

Como podemos ajudá-lo?

Você também pode solicitar um orçamento pelo Whatsapp CLICANDO AQUI ou pelo